sábado, 28 de maio de 2011

E Pluribus Unum

Uma pessoa que compra a Lusomundo recorrendo a um empréstimo de 300 milhões de euros com período de carência ilimitado só pode ser uma pessoa muito bem relacionada. Uma pessoa que detêm um dos maiores grupos de comunicação portugueses (DN, JN, SportTV, TSF...) só pode ser uma pessoa influente e poderosa.

Essa mesma pessoa é neste momento dona dos direitos televisivos do Sport Lisboa e Benfica, mas o risco de perder esse contrato num futuro próximo é, digamos, bastante considerável. Basta que o nosso clube encontre ofertas melhores até 2013. A actual direcção tem em mãos o dossier. A perda dos direitos televisivos do Benfica pode ser um factor decisivo para o futuro do império de Joaquim Oliveira.

A próxima época é a do último ano de mandato desta direcção. Há quem se movimente para que esse mandato não seja renovado. Há três anos atrás a táctica de avançar com o Bruno Carvalho não resultou, por isso desta vez vem aí artilharia pesada. Devemos estar preparados para tudo. Para TUDO. O acosso que sofremos esta época por parte da arbitragem e da imprensa é só uma amostra do que aí vem. Há muita coisa em jogo.

Até agora, ninguém da nossa direcção ou equipa técnica foi formalmente acusado de nenhum crime. Até agora apenas li notícias contraditórias. Se essa acusação for formalizada, estou certo que saberemos dar a resposta adequada, de acordo com da nossa tradição de democracia e dignidade. Já o fizemos num passado recente.

É em momentos como este que devemos recordar o nosso lema.

2 comentários:

  1. SAKANA RESPONDE À SAKANAGEM

    www.sakanagem69.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. ..e é em momentos como este que devemos pressionar a Direção do Sport Lisboa e Benfica para que NÃO RENOVE esse contrato por nada deste mundo.

    É uma hipótese ÚNICA para cortarmos as amarras de um dos tentáculos mais poderosos do polvo azul corrupto.

    ResponderEliminar